A inserção da dimensão ambiental na teoria econômica

A análise econômica esteve, durante muito tempo, dissociada de uma perspectiva que privilegiasse o meio ambiente. No máximo tratava os recursos naturais como um dado restritivo à expansão da geração de riqueza. A partir do momento em que se passou a constatar os efeitos adversos que o ato de produzi... Deskribapen osoa

Egile nagusia: De Brito, Carlos Alberto
Formatua: Artikulua
Hizkuntza: Portugalera
Argitaratua: Universidade Federal da Paraíba: Centro de Ciências Jurídicas 2005
Gaiak:
Sarrera elektronikoa: http://dialnet.unirioja.es/servlet/oaiart?codigo=1448773
Etiketak: Erantsi etiketa bat
Etiketarik gabe, Izan zaitez lehena erregistro honi etiketa jartzen!
Azalaren irudirik gabe QR Kodea
Gorde:
Laburpena: A análise econômica esteve, durante muito tempo, dissociada de uma perspectiva que privilegiasse o meio ambiente. No máximo tratava os recursos naturais como um dado restritivo à expansão da geração de riqueza. A partir do momento em que se passou a constatar os efeitos adversos que o ato de produzir refletia na natureza, passou-se a ter um paradigma econômico em que a dimensão ambiental aparecia como ponto que não se poderia deixar de contemplar. Este trabalho trata precisamente de discutir de que forma, em tempos atuais o meio ambiente passa a ser discutido no âmbito das decisões de produzir e consumir riqueza.